Programa de Afiliados: O Que é e Como Ganhar Dinheiro?

Inúmeros brasileiros estão interessados em criar um negócio próprio ou gerar uma renda extra. Com isso em mente, muitos procuram aprender como ganhar dinheiro na internet. Seja qual for seu objetivo, um programa de afiliados podem ser a solução.

Devido a inúmeros golpes aplicados via internet, muitos torcem o nariz quando ouvem falar de programas de afiliados. Ou acreditam ser um meio ilícito, ou acreditam não dar resultado satisfatório.

E há também aqueles que acreditam se tratar de marketing multinível (MMN), ou até mesmo de pirâmides (uma espécie de golpe).

Neste artigo você vai aprender o que são os programas de afiliados, como se tornar um afiliado profissional, estratégias para trabalhar como afiliado, ferramentas úteis, cursos que podem te ajudar e muitas outras dicas.

Se o seu objetivo é se tornar um produtor, e não tem experiência suficiente com o meio digital, recomendo fortemente começar como afiliado. Assim, você aprende todo o processo de vendas online utilizando produtos de terceiros. E terá muito mais bagagem quando quiser lançar o seu produto.

Programa de Afiliados: O Que é?

Todas as empresas querem vender mais, concorda? E as pessoas comuns também estão interessadas em como ganhar dinheiro. Assim, as empresas descobriram que, se pagam-se uma comissão de cada venda para essas pessoas, elas divulgariam seus produtos com todo prazer. Surgiu, então, o programa de afiliados.

A Amazon é vista como a criadora do sistema de afiliados. Ou pelo menos como ele é conhecido hoje.

Um programa de afiliados nada mais é que uma maneira de uma pessoa comum ser recompensada por recomendar um produto. E isso torna-se vantajoso tanto para as empresas quanto para os afiliados.

Quem está começando a estudar como ganhar dinheiro na internet, cedo ou tarde, vai se deparar com um programa de afiliados. Através desses programas, é possível gerar uma renda extra nas horas vagas ou até mesmo criar um negócio digital bastante lucrativo. E o melhor: é possível trabalhar em casa, ou de qualquer lugar do mundo.

Os programas de afiliados nos permitem trabalhar tanto com produtos físicos quanto digitais. Os produtos físicos você já conhece: roupas e acessórios, perfumes, eletrônicos, itens de decoração etc.

Já os produtos digitais são: livros digitais (ebooks), cursos online, vídeo-aulas, áudios, músicas, templates de sites e blogs, hospedagem de sites, entre muitos outros.

Exemplo simples de como funciona na prática:

Você conhece uma pessoa que deseja comprar um celular. Mas ela não sabe qual o ideal para ela. Você faz uma análise do que ela precisa, faixa de preço e tal e estuda as opções disponíveis do mercado.

Então você encontra um bom aparelho, por um preço bem atraente, na Submarino. Você gera um link de afiliado e envia para ela. Se ela comprar esse aparelho, através desse link, você ganha uma comissão.

Criando um bom plano e utilizando boas estratégias, é possível sair do zero e atingir os 4 dígitos em apenas 2 meses. Então é uma ótima maneira de começar a trabalhar em casa pela internet.

Tipos de Programas de Afiliados

Programa de Afiliados TiposExistem alguns tipos de programas de afiliados. Mas, basicamente, podemos dividi-los entre: pay-per-click (PPC), pay-per-action (PPA) e pay-per-view (PPV).

  • Pay Per Click (PPC): paga por cliques
  • Pay Per Action (PPA): paga por ação (Ex: fazer uma compra, cadastrar um email, preencher um formulário etc.)
  • Pay Per View (PPV): paga por visualizações

 

Atualmente, os mais populares e com melhores resultados são os Pay Per Action (PPA) e os Pay Per Click (PPC). Para quem deseja aprender como ganhar dinheiro na internet de forma duradoura, recomendo estudar bastante esses tipos de programas de afiliados.

O Pay Per View (PPV) costuma pagar a cada mil visualizações. Por isso é comum encontrarmos a sigla CPM, que significa cost per thousand, onde M é o número romano de milhar. Para quem tem um site com poucas visitas, esse modelo se torna inviável.

Exemplos de programas de afiliados Pay Per Click (PPC):

  • Google AdSense
  • Boo-box
  • Hotwords
  • Spider.ad
  • Advertise.com
  • Infolinks

 

Exemplos de programas de afiliados Pay Per Action (PPA):






Como Ganhar Dinheiro com Programa de Afiliados

Saber como ganhar dinheiro com programa de afiliados de forma consistente e que seja possível deixar o emprego e trabalhar em casa, ou simplesmente ter uma boa renda extra, pode ser um pouco desafiador. Vamos ver como ganhar dinheiro utilizando os dois tipos principais mencionados acima.

Pay Per Click (PPC)

Os programas de afiliados Pay Per Click (PPC) funcionam assim: uma plataforma faz o papel de intermediária (ex: Google AdSense). De um lado estão os anunciantes (advertisers), e do outro, os veículos (publishers). Os anunciantes pagam para a plataforma veicular seus anúncios, e os veículos recebem por cliques em cada anúncio.

Esses anúncios podem estar na forma de:

  • Banners
  • Pop-ups
  • Links fora do texto
  • Links dentro do texto.

Programa de Afiliados Pay Per Click PPC

Para gerar dinheiro online com esse tipo de programa de afiliados devemos usar algumas estratégias:

  1. Precisamos ter bastante tráfego. Ou, ao menos, ter um tráfego que esteja com fome de conteúdo e pronto para clicar em anúncios relacionados ao conteúdo que estamos entregando.
  2. Precisamos posicionar os anúncios da melhor forma possível, para que gere bastante cliques genuínos. Normalmente só descobrimos quais são as melhores posições de anúncios para o nosso site através de muitos testes. Mas, em geral, os anúncios dentro dos textos geram mais cliques que os banners na barra lateral e no topo do site, por exemplo.
  3. Devemos testar as cores também. Em alguns sites algumas cores chamam mais atenção. Enquanto em outros, essas mesmas cores não surtiriam muito efeito.

 

A plataforma mais conhecida de Pay Per Click (PPC) é o Google AdSense. Ele possui seus prós e contras, mas não vou entrar nesse assunto neste artigo. Mas é importante ler muito bem as regras, e frequentemente, pois elas vivem sendo atualizadas. E um errinho simples normalmente já banem nossa conta e não podemos criar outra.

Não dependa só do Google AdSense, avalie também a Boo-box, o Hotwords, o Spider-Ad, entre outras.

Pay Per Action (PPA)

Os programas de afiliados do tipo Pay Per Action (PPA) variam. O próprio nome já diz, pago por ação, então nós só recebemos se realizamos uma determinada ação. Ou um número X de ações.

A ação que deve ser realizada pelo nosso visitante pode ser:

  • Preencher um cadastro
  • Inserir um email
  • Jogar um jogo
  • Visitar um site
  • Responder uma pesquisa
  • Fazer uma compra (a mais interessante e lucrativa para nós)

…entre outras.

 

A mais poderosa é a da compra. E ela está relacionada com as empresas mais idôneas. Pois muitas das empresas que existem por aí e fornecem o Pay Per Action (PPA), costumam dar mais dor de cabeça que dinheiro.

Elas trabalham com métodos duvidosos, e que, quando atuam de forma honesta, dão poucos resultados. Mas não podemos generalizar, há aquelas que trabalham honestamente e pagam corretamente seus afiliados.

Já quando trabalhamos com venda de produtos e com plataformas confiáveis, isso não ocorre. E os resultados são bem melhores, com ótimas margens de lucro!

Existem algumas estratégias excelentes para trabalhar como afiliado e começar a ter ótimos resultados logo nos primeiros meses.

Como dito anteriormente, os produtos podem ser tanto físicos quanto digitais. Os produtos digitais são bem mais vantajosos, pois a margem de lucro costuma ser bem alta. Isso acontece porque os custos para se criar, estocar e entregar um produto físico é imensamente maior que um produto digital.

Para quem quer aprender como ganhar dinheiro na internet de verdade, esse tipo de programa de afiliado é o mais indicado. Seja para gerar uma renda extra ou para se tornar um afiliado profissional e criar um negócio próprio, podendo realizar todo o trabalho em casa (ou onde desejar).

Empresas que trabalham com programa de afiliados Pay Per Action (PPA)

Algumas plataformas de programas de afiliados Pay Per Action (PPA) são:

Produtos Físicos

  • Lomadee
  • Zanox

 

Produtos Digitais

 

Há casos também em que é possível se tornar afiliado de uma empresa diretamente no site dela, sem utilizar plataformas intermediárias.

É o caso, por exemplo, do sistema de afiliados da Amazon, no caso de produtos físicos (e alguns digitais).

Como Começar a Trabalhar Como Afiliado?

Para começar a trabalhar em casa como afiliado, basta se inscrever nas plataformas e programas existentes, relacionadas com o seu objetivo. Para atuar com algumas, é necessário que você tenha um site ou blog, enquanto outras não exigem nada disso.

Algumas plataformas são mais exigentes e vão avaliar se o seu site/blog está de acordo com o que eles buscam, e então aprovarão ou não. Já outras, não fazem essa avaliação.

Se o objetivo é trabalhar com programas de afiliados Pay Per Click (PPC) ou Pay Per View (PPV), então faz bastante sentido tem um site. Já se pretende atuar com o Pay Per Action (PPA), vendendo produtos, isso não é necessário.

Podemos utilizar bastante as mídias sociais para recomendar nossos produtos afiliados. É possível utilizar o Facebook para trabalhar como afiliado e ganhar dinheiro, sem precisar fazer investimentos em anúncios.

Inclusive, existem métodos que ensinam a vender pelo Facebook de forma orgânica. Ou seja, sem fazer qualquer tipo de anúncio pago.

Também podemos utilizar o poder dos vídeos. Você pode começar aprendendo como ganhar dinheiro no YouTube trabalhando como afiliado.

Outras redes sociais também são bem-vindas. Basta sabermos utilizar a linguagem daquela mídia e gerarmos valor para nossos seguidores.






Afiliado Profissional: Como se tornar um?

É fato que muitas pessoas estão interessadas em abrir seu próprio negócio ou ampliar sua renda extra. Trabalhar como afiliado profissional é um excelente caminho para isso.

Por algumas razões bem simples:

  1. Necessita-se de baixíssimo investimento;
  2. Pode-se trabalhar em casa;
  3. Pode-se trabalhar com produtos criados por terceiros, sem precisar criar um produto próprio;
  4. Pode-se trabalhar apenas nas horas vagas;
  5. Pode-se gerar um bom dinheiro extra, muito mais alto que bons salários do mercado

 

É preciso entender que um afiliado é um intermediário. A função dele é encontrar uma solução de qualidade para o problema que alguém esteja enfrentando.

Resumindo: o afiliado profissional nada mais é que um vendedor, uma espécie de representante de vendas, mas sem vínculo com nenhuma empresa.

 Vale a pena aprender como criar um blog profissional e atrair tráfego. Assim vamos construindo sua audiência.

Existem diversas estratégias para se trabalhar como afiliado. Então, ao longo do tempo, você vai encontrar a que você prefere.

Para começar, recomendo a estratégia do zero a 4 dígitos em 2 meses que é um excelente caminho para afiliados iniciantes e intermediários.

Cursos Para Afiliados: Aprendendo Mais Rápido

Sempre que queremos aprender algo, vale a pena aprendermos com quem já sabe e passou por tudo o que podemos passar. E nesse ramo não é diferente. Existem diversos cursos para afiliados que vale a pena dar uma olhada.

Cada um utiliza de um método. Alguns trabalham com blogs, outros com vídeos, outros no Facebook, e por aí vai. Procure aquele que tem mais a ver com seu perfil.

Mas qual é o melhor curso para afiliado?

Para encontrar a resposta para essa questão, recomendo que leia o artigo Melhores Cursos Para Afiliados. Lá eu detalhei cada um dos cursos, e os prós e contras, mostrando para qual perfil cada um é mais indicado.

Como a tecnologia está sempre mudando, surgem novos cursos o tempo todo. Por isso sempre estou atualizando esse artigo, mostrando o que tem de melhor no momento.

Programas de Afiliados: Boas Práticas

Hoje quase todo mundo quer gerar uma renda extra. Então, quando essas pessoas descobrem os programas de afiliados e as mínimas barreiras de entrada, resolvem ‘trabalhar’ assim também.

O problema é que elas visam apenas o dinheiro, e não se preocupam em gerar valor para o público. Com isso, não utilizam estratégias, mas sim trabalham de qualquer forma, até mesmo utilizando meios antiéticos.

E isso denigre a imagem delas, de outros afiliados que trabalham de forma séria, e até mesmo dos produtores daqueles produtos que elas recomendam.

Apesar de, nessa área, podermos realizar todo nosso trabalho em casa, isso não é sinônimo de falta de profissionalismo. E é aí onde muitos erram.

Por não estarem expondo seus rostos, essas pessoas se sentem seguras para cometer essas ações antiéticas. Mesmo já sabendo que é antiético.

 

Afiliados vs. SPAM

Um dos grandes problemas nessa área é o SPAM. Podemos definir o spam como mensagens não solicitadas e bastante invasivas, normalmente de publicidade.

Esse tipo de mensagem está presente em todos os lugares: e-mails, comentários em blogs, mídias sociais (Facebook, Instagram, Twitter etc.), messengers, fóruns etc.

Algumas dicas válidas para evitar praticar spam e construir uma boa imagem:

  • Preocupe-se em gerar VALOR ao público;
  • Recomende apenas produtos que você acredita terem qualidade e solucionarem uma dor do seu público;
  • NUNCA compre lista de e-mails;
  • Não saia por aí divulgando seus links de afiliados sem ser solicitado;
  • Links em comentários de blogs não são agradáveis, e você não fará vendas assim;
  • Se um lead desejar sair da sua lista de emails, respeite a decisão dele e não o recoloque de volta na lista;
  • Não divulgue seus links de afiliado nos grupos do Facebook sem solicitar previamente aos administradores do grupo. A não ser que seja um grupo específico para divulgação de produtos;
  • Nas páginas dos produtores, não divulgue seus links de afiliado;
  • Não tente entrar em contato com as pessoas que deixam mensagens nas páginas dos produtores para recomendar o seu link;
  • Não crie anúncios enganosos, onde você promete uma coisa, mas o conteúdo não entrega o que você promete.

Se uma ferramenta não permite uma determinada prática, não tente burlar. Concorde você com ela ou não, a regra existe e você optou por trabalhar com aquela ferramenta. Então aceite o que eles criaram.

Ou envie uma mensagem informando seu descontentamento e pedindo para mudar, mas isso raramente surte efeito.






Conclusão

É totalmente possível criar um negócio próprio e trabalhar apenas como afiliado profissional. Mas também podemos utilizar os programas de afiliados para aumentar o faturamento da empresa que já temos, ou simplesmente ganhar uma renda extra nas horas vagas.

Essa é uma ótima maneira de como ganhar dinheiro na internet de forma sólida e honesta, e com foco no médio-longo prazo.

Seja qual for o objetivo, devemos trabalhar de forma profissional, com produtos de qualidade e com o objetivo de solucionar um problema existente.

Algumas ferramentas existem e podem nos ajudar muito. Mas o que faz a diferença mesmo são as estratégias que utilizamos. E, claro, o respeito que temos com nossa audiência.

Os cursos para afiliados também podem nos ajudar bastante, mas é nossa ação que traz resultados. Nenhum curso substituirá a ação e as porradas que levamos nesse caminho. Mas, apesar de trabalhoso, é muito prazeroso e gera bons resultados.

Ficou com alguma dúvida, sentiu falta de algum conteúdo ou quer acrescentar alguma coisa? Fique à vontade para deixar um comentário abaixo.

Espero que esse artigo tenha conseguido te ajudar de algum modo. Você já atua como afiliado? Está começando? Conte sua experiência pra gente!

Até a próxima!

Responder