Como Ganhar Dinheiro Escrevendo Artigos Simples

Neste artigo vou explicar como muitas pessoas estão optando por ganhar dinheiro escrevendo artigos, e também algumas dicas de como escrever bem para termos melhores resultados.

Mas antes, vamos entender porque poucas pessoas têm conseguido ter sucesso hoje em dia.

Você já parou pra analisar quantos realmente param para analisar todas as opções que têm à sua frente?

E, entre esses, quantos procuram se aprofundar dentre algumas dessas opções, aprendendo como trabalhar de modo eficaz?

E, após isso, quantos se dedicam de verdade naquela tarefa, pensando no médio-longo prazo?

Poucos, bem poucos…

Estima-se que apenas 0,008% das pessoas realmente chegam a se dedicar em um objetivo como esse.

Quero ser bem sincero com você, pois minha intenção aqui é fazer com que você enxergue além do muro que está a sua frente.

Existem muitas maneiras de ganhar dinheiro atualmente, muitas mesmo. Mas o problema é que a maioria quer tudo de mão beijada, procuram maneiras de ganhar dinheiro fácil, e, sinceramente, isso não existe.

Se queremos sucesso, se queremos dinheiro, temos que nos dedicar e merecê-lo, concorda?

Ganhar Dinheiro Escrevendo Textos Lucrativos

É ótimo poder ganhar dinheiro escrevendo. Se você gosta disso, claro. Escrever textos constantemente para o blog não é difícil como muitos acreditam. Além disso, ao longo do tempo, você consegue ter muitas postagens acumuladas, e cada uma acaba gerando dinheiro para você.

Imagine termos cem artigos sendo acessados diariamente, quanto de receita não podemos gerar?

Mas, claro, é muito mais lucrativo quando aprendemos como escrever de modo eficaz e atraente, e até mesmo como escrever artigos persuasivos, ao invés de escrever por escrever, jogando as palavras.

E tem um outro fator muito legal.

Muitas pessoas começam a escrever textos para o seu blog próprio ou mesmo um livro, mas depois percebem que existe alta demanda por redatores freelancers.

Empresas de diversos portes, e até pequenos blogs, buscam geradores de conteúdo.

Olha que mercado gigante!

Podemos criar nosso próprio projeto pessoal, escrever em nossos blogs, ganhar dinheiro diariamente com eles, mas, ao mesmo tempo, podemos gerar uma renda extra escrevendo para terceiros!

Existem até mesmo sites e plataformas que ligam redatores às empresas que estão necessitando desse serviço. Eles fazem um trabalho intermediário, e é uma mão na roda para ambos os lados.

E tudo isso é possível realizando nosso trabalho em casa e gerando uma ótima renda extra nas horas vagas.

Imagine então alguém que resolva se dedicar exclusivamente a isso em tempo integral?

É uma verdadeira profissão, e também uma ótima ideia de negócio.

Ganhando Dinheiro com Projetos Pessoais e Projetos Freelancers

Além de ganhar dinheiro escrevendo para os próprios projetos e trabalhar como redator freelancer, é possível trabalhar com marketing de conteúdo, que paga-se até mais que um redator comum.

E até mesmo com copywriting, que é uma área ainda pouco conhecida no Brasil, mas muito valiosa, e já muito forte nos Estados Unidos.

O copywriter costuma ter o mais alto salário de todos esses, pois é uma área que dá um ótimo retorno para o contratante.

Aí eu te pergunto: você alguma vez já pensou que escrever textos fosse uma ótima maneira de ganhar dinheiro, podendo ser utilizada tanto para criar um negócio próprio quanto para gerar um dinheiro extra?

A grande maioria nunca visualizou esse mercado. E essa é uma grande vantagem, pois a demanda não para de crescer, mas falta profissional.

E um outro ponto é que falta profissional qualificado. Tem algumas pessoas fornecendo serviço de redator, mas entregam um serviço de baixa qualidade.

Mas não precisa ser especialista e escrever bem?

Bom, não e sim. Explico. Não precisa ser especialista, formado em comunicação, jornalismo, letras e tudo mais. Qualquer um pode fazer isso.

Inclusive, muitas empresas preferem não procurar redatores formados em comunicação, mas optam por contratar os serviços de um profissional que entenda muito de um determinado assunto, mas também saiba escrever bem.

Portanto, sim, é preciso escrever bem. E mesmo que você escreva apenas no seu próprio blog, é muito importante escrever bem, senão você não transmite credibilidade ao seu leitor.

Você alguma vez já leu um texto cheio de erros de português? Como se sentiu? Conseguiu confiar no conhecimento daquela pessoa? Complicado, né?!

Mas eu escrevo muito mal e não tenho ideias! Como faço?

Esse é o mito mais comum. Em geral, as pessoas que escrevem mal acham que elas não têm essa capacidade, ou que as que escrevem bem nasceram com um dom. Isso é pura bobagem!

Quase sempre que perguntamos a alguém que diz não saber escrever o quanto ela escreve de fato por dia, ou até mesmo por semana, a resposta costuma ser: nada!

Como alguém quer escrever bem se simplesmente não pratica?

Você já se imaginou perguntando ao Ayrton Senna ou ao Pelé, o quanto eles praticavam por dia, e receber a resposta “nada”?

Isso não existe. É impossível ficar bom em alguma coisa sem praticar. Impossível.

Dicas de Como Escrever Bem e Ter Boas Ideias

como escrever bem

Existem algumas dicas que podemos adotar para escrever melhor e ter boas ideias. Inclusive, grandes escritores e redatores costumam utiliza-las, ou usaram em algum momento de suas vidas até ficarem muito bons. Veja algumas abaixo:

  • Pratique todo dia, pelo menos um pouco;
  • Leia assuntos diferentes dos da sua área de atuação
  • Leia artigos muito bem escritos
  • Escreva também à mão
  • Não tenha vergonha de utilizar o dicionário
  • Fuja do gerúndio (“estarei marcando”)
  • Fale corretamente no dia a dia
  • Escreva corretamente nas mensagens de texto (SMS, WhatsApp e outros messengers)

Grandes escritores também já foram medíocres…

Estava conversando exatamente sobre isso com um colega de profissão (que vou chamar de Marcos, porque ele pediu para não se identificar, já que é bastante conhecido). Mas é uma história bastante comum e vale a pena ser compartilhada.

Eu o conheci exatamente pelo seu blog, que tem artigos bem interessantes e muito bem escritos. E quando ele me contou que sempre foi péssimo em redação e escreveu mal a vida inteira, realmente não acreditei.

O blog dele possui um conteúdo muito bacana, e é bastante profissional. São assuntos mais sérios, em que os leitores realmente se importam com a escrita, e acabam sendo bastante exigentes. Muito diferente de um público adolescente que fala de forma mais despretensiosa e sobre assuntos bem triviais.

Mas um dia ele se deu conta do poder dos blogs, tanto para as empresas quanto para as pessoas comuns. E ele queria utilizar essa ferramenta. Só que ele não sabia escrever nada. Não sabia como escrever nem o que escrever, e isso estava emperrando sua vida.

Ele também estava cansado de trabalhar para os outros, e queria passar a trabalhar em casa. E visualizou nos blogs um caminho muito interessante.

Então estava mais que na hora de mudar aquela “realidade ridícula” (palavras dele) de não saber como escrever nem como transformar seus pensamentos em bons textos.

Então ele fez algumas pesquisas e começou a colocar em prática algumas das dicas que citei acima, principalmente a de praticar.

Mas ele não se contentou com isso. Queria utilizar a experiência de alguém que vivia da escrita.

A Mudança

Foi aí que ele conheceu o curso de um redator muito capacitado, que inclusive criou uma agência de produção de conteúdo, e resolveu fazer.

Era um curso super barato, então não tinha risco algum. Mesmo que ele encontrasse apenas uma única dica que ele ainda não sabia, já valeria o valor do investimento.

Seu pensamento foi: “Na pior das hipóteses, vou sair perdendo mais se fizer o curso ou se não fizer nada?”, e a resposta foi clara e decisiva. Então decidiu fazer!

Mas, para sua surpresa, encontrou várias dicas que ele nem imaginava que existiam, sem falar que o curso deu um retorno financeiro enorme para ele.

Até mesmo a história do redator, o criador do curso, é interessante.

Ele também era um péssimo escritor. Mas decidiu que ia aprender aquilo, e foi atrás de técnicas. Então se tornou especialista no assunto, e, antes dos 20 anos, abriu sua agência de conteúdo.

Garoto prodígio? Nem um pouco. Dedicação e técnica, simplesmente isso.

Mas voltando ao Marcos…

Ele começou a aplicar aquelas técnicas no seu blog. E começou a ter dois resultados muito interessantes.

O primeiro era o financeiro, pois seu público confiava nele, ele transmitia credibilidade. Então ficou mais fácil ganhar dinheiro, e o outro foi em relação aos comentários, que é uma excelente prova social.

Ele passou a receber comentários de grandes especialistas elogiando seus artigos. E eram comentários também recheados de bons conteúdos, que agregavam mais valor aos artigos dele.

Resultado…

Ele foi ficando mais famoso no meio em que atuava, e, claro, isso fez sua receita aumentar ainda mais. Passou a oferecer seu serviço como redator freelancer até mesmo para grandes empresas, o que gerou uma bola de neve positiva, pois recebia mais e mais propostas para escrever.

Depois disso, até como palestrante começou a atuar, pois sua fama na área se transformou em autoridade. E, quando chegamos a ser conhecidos como autoridades em um determinado assunto, vamos recebendo convites para transmitir nosso conhecimento.

Medo ou Preguiça Criam Fracassados

Em geral, as pessoas acreditam em muitos mitos. Bobagens que de tanto que são transmitidas acabam sendo tidas como verdades.

Uma delas é a questão de como ganhar dinheiro, onde muitos acreditam ser difícil e raro, principalmente nas crises.

Mas se muitos estão ganhando dinheiro até mesmo na crise, e honestamente, por que muitas pessoas ainda insistem de que não é possível, e se contentam com a realidade desagradável que estão vivendo?

O outro mito é a questão de que para escrever bem tem que ter nascido com dom ou coisa do tipo. Já mostrei como isso também é uma bobagem que você não deve acreditar.

Mas ainda assim muitas pessoas ficam travadas.

Elas acabam de ler isso, acabam de visualizar outras opções para mudar suas vidas, e, mesmo assim, no dia seguinte continua tudo como estava, e vão levando, e não agem, não mudam.

Por que será que isso acontece?

Dois motivos: medo ou preguiça.

Medo de errarem, de fracassarem, do desconhecido, de mudanças, de aprender algo novo…

E preguiça de terem que praticar, se dedicar, estudar, sair da zona de conforte, enfrentar desafios…

Ele agiu…

O Marcos tomou a decisão de mudar a vida dele. Ele viu que escrever era uma ótima opção, e resolveu encarar.

Até porque, mesmo que não quisesse criar um blog, percebeu que saber transmitir seus pensamentos na forma de um bom texto é primordial na vida de qualquer profissional que deseja alcançar o sucesso, seja como funcionário seja como empreendedor ou profissional liberal.

Então ele agiu. Teve atitude e humildade.

Atitude para praticar constantemente e procurar alguém que o ajudasse. E humildade para admitir que não sabia e precisaria aprender. E até mesmo para aprender como alguém mais novo que ele, que é um grande preconceito que lidamos no nosso dia a dia e exige muita humildade.

E essa atitude foi o ponto de partida de uma grande mudança de vida, que hoje ele desfruta com muita liberdade e confiança, colhendo, além de maior prazer, reconhecimento e liberdade de horários, também retornos financeiros muito maiores do que ele poderia imaginar.

E você, está fazendo o que para mudar sua vida? O que você quiser colher amanhã dependerá exclusivamente do que fizer hoje.

Enquanto você está parado, outros estão trabalhando duro, estudando, aprendendo, praticando, e começando a ver seus resultados melhorarem.

Conclusão

Espero que esse artigo tenha conseguido te ajudar a encontrar mais uma maneira de como ganhar dinheiro, sendo essa uma ótima opção para trabalhar em casa ou para gerar uma renda extra e aumentar a renda familiar.

Escrever bem é superimportante nos dias de hoje, e isso só vai melhorar sua vida profissional. Vale a pena conhecer um bom curso para desenvolver sua escrita e criar excelentes artigos, indicado tanto para quem atua ou deseja atuar como redator freelancer, quanto para profissionais de outras áreas.

Não deixe para amanhã para dar o primeiro passo para mudar sua vida, pode ser tarde demais. Existem muitas coisas que você pode começar a fazer agora, e essa é uma delas.

Vale a pena também conhecer o curso de redação que o Marcos fez, ele tem ajudado muitas pessoas, e pode te ajudar também.

Até a próxima!

Gostou desse artigo?

Não perca mais nenhum conteúdo! Inscreva-se abaixo para ser informado de novos artigos como este.


Responder