Como Ganhar Dinheiro Com Artesanato

Muitas pessoas já estão trabalhando com artesanato. Mas poucas sabem como ganhar dinheiro com artesanato de fato. A grande maioria vive com uma receita bem baixa e acredita que esse é o limite para essa área de atuação.

Não é.

A diferença está nos detalhes. Quanto você cobra? Quais são seus custos? Quais canais de venda você utiliza?

Aliás, quem é você? Você sabe se vender? Já sabe como vender pela internet também?

Aprender como fazer artesanato é só o primeiro passo. Mas é preciso saber gerir um negócio. Então vamos ver como podemos tornar esse ofício muito mais profissional e aprender de verdade a gerar dinheiro com artesanato.

 

Como Ganhar Dinheiro Com Artesanato em Geral

Se você está querendo aprender como ganhar dinheiro com artesanato, é preciso primeiro saber que existem os mais variados tipos de artesanato. Dos mais fáceis aos mais complexos, dos menores aos grandes. Também dos rápidos aos demorados, dos de baixo custo aos bastante caros.

A vantagem de se trabalhar com artesanato é que, na maioria das vezes, é possível realizar seu trabalho em casa. Sem falar, claro, na liberdade de horário, proximidade com a família e com a possibilidade de liberar a criatividade e expressar um pouco da sua alma em cada trabalho.

Mas não se deve escolher o tipo de artesanato com o qual deseja trabalhar pensando apenas nos valores que poderá cobrar pelas peças.

É preciso também avaliar diversos outros fatores. Entre eles, o tempo de produção, demanda e, o principal, o que te dá prazer em trabalhar diariamente e que você sente que suas habilidades são bem empregadas.

Então, antes de aprender como fazer artesanato, devemos primeiro conhecer as inúmeras possibilidades que essa área nos proporciona.

 

Tipos de Artesanato

Tipos de Artesanato

Existem diversos tipos de artesanato que podemos praticar. Com tamanha variedade, vale a pena fazer um curso de artesanato de curta duração com algum desses que você acredita ter mais vocação. Ou até mesmo uma aula grátis! Veja abaixo algumas opções:

  • Artesanato com barbante
  • Artesanato com garrafa pet
  • Artesanato com garrafas de vidro
  • Artesanato com jornal
  • Artesanato com papel
  • Artesanato com pneus
  • Artesanato com reciclagem
  • Artesanato em crochê
  • Artesanato em eva
  • Artesanato em feltro
  • Artesanato em madeira
  • Artesanato em mdf
  • Artesanato em tecido
  • Artesanato em vidro
  • Biscuit
  • Cerâmica e estátuas/bonecos de barro
  • Cestas e Trançados
  • Cosméticos artesanais
  • Decoupage
  • Fuxico
  • Mosaico
  • Patchwork
  • Renda
  • Sabonetes Artesanais
  • Tricô
  • Velas Artesanais

Depois que escolhemos um caminho e aprendemos o ofício, agora precisamos saber quanto cobrar pelo trabalho.

 

Quanto Cobrar Pelo Seu Artesanato?

Muitas pessoas não sabem quanto cobrar pelo seu artesanato. Apesar de não existir uma regra para todos, vale destacar alguns pontos. Afinal, como ganhar dinheiro com artesanato sem saber quanto cobrar?

Precisamos conhecer todos os custos (fixos e variáveis), nosso valor por hora, nossos investimentos, o quanto almejamos lucrar por mês e fazer mudanças que valorizem nosso produto para que possamos cobrar mais por aquele trabalho.

No artigo Como Calcular o Preço de Venda do Produto eu abordo todos esses tópicos mais profundamente e aconselho que você o leia juntamente como todo esse conteúdo. Se facilitar, imprima ou salve nos seus favoritos para ler depois. Mas não deixe de ler, pois é um complemento muito importante.




Como Vender Seu Artesanato?

como ganhar dinheiro com artesanato - como vender seu artesanato

Existem muitas maneiras de como vender seu artesanato. Mas ao trabalhar em casa muitas vezes nos esquecemos de olhar ao nosso redor e nos fechamos numa bolha. Então, vamos ver algumas maneiras de como ganhar dinheiro com artesanato e expandir nossos horizontes.

 

Feiras de Artesanato

Você precisa ser visto e seu trabalho precisa ser exibido. Não há melhor lugar para fazer isso do que nas feiras. As feiras de artesanato são ideais, pois lá você encontra um público que está realmente em busca disso.

Às vezes é um empresário em busca de um fornecedor que trabalhe com um determinado tipo de artesanato que ele não encontra na região dele. Às vezes são pessoas que gostam desse tipo de trabalho para elas próprias. Decoradores de ambientes em busca de inovação e um ar mais artesanal. Enfim, muitas possibilidades.

Além disso, você também fará networking. Poderá aprender com outros ou ensinar outros, dar workshops através de contatos que fez por lá. Ideias para ganhar dinheiro com artesanato existem diversas, e você pode agregar ao seu leque os workshops e cursos de artesanato.

 

Feirinhas em Geral

Você até pode realizar seu trabalho em casa, mas se ficar escondido lá não vai conseguir muita coisa. É preciso dar a cara a tapa e ir para as ruas.

As feirinhas costumam atrair todo tipo de público, e é aí que você pode estudar um pouco esse lado do marketing.

Quem se interessa pelo meu trabalho? São homens ou mulheres? Adultos, idosos ou jovens? Qual o poder aquisitivo? O que eles falam a respeito das minhas peças?

Ali você fará vendas, mas terá um grande espaço de estudo. Isso te ajudará a ir melhorando seus trabalhos e ir criando peças que tenham mais a ver com seu público.

Quem sabe ali mesmo também não apareça pessoas interessadas em aulas de artesanato e que sequer imaginavam que naquela feirinha iriam encontrar alguém capaz de dar essas aulas?!

 

Boca a Boca

Como ganhar dinheiro com artesanato da maneira mais antiga do mundo? Simples, explore o boca a boca!

Fale para os seus amigos o que você faz, presenteie nos aniversários e datas comemorativas com suas peças. Ou até mesmo um presente inesperado em datas comuns.

Não basta saber como fazer artesanato, é preciso deixar o público sentir o seu trabalho e se apaixonar, para que eles mesmos divulguem por você.

Se você confia no seu produto, não tenha medo de dar algumas peças. Enquanto você presenteia com uma peça, você pode ficar conhecida em outros meios e conseguir encomendas. E até mesmo ser convidada para palestras, cursos de artesanato, eventos e televisão. Nunca se sabe o que pode acontecer!

Ofereça também para os colegas do trabalho, da faculdade, do prédio, do bairro ou colegas que você fez na vida.

Fale até mesmo para aqueles que você conhece há apenas alguns minutos.

Mas cuidado! Não ofereça nada, não venda nada. Apenas deixe a pessoa saber o que você faz e a paixão que você tem por aquilo.

 

Sua Casa, Seu Showroom

Quem vai te visitar não precisa saber que você realiza seu trabalho em casa. Então evite deixar uma bagunça e usar o clichê “desculpa a bagunça, é que eu trabalho em casa”. Mas ali é o espaço ideal para você ter várias peças suas expostas. Afinal, espera-se que você goste das suas próprias peças.

Elas devem estar dispostas de forma harmoniosa e de um jeito que faça sentido. Colocar uma almofada linda na cozinha ou um edredom customizado na sala pode afastar ao invés de atrair.

Expondo na sua casa, quem chegar ali pode achar aquele trabalho lindo e perguntar onde você comprou, quem fez etc. Hora perfeita para você se vender!

 

Consignação em Pequenos Varejistas

Os pequenos varejistas são uma ótima maneira de como ganhar dinheiro com artesanato. Mas poucos vão topar comprar o produto de você para tentar revender. Então, uma ótima opção é propor trabalhar em consignação.

A consignação funciona assim: vocês estabelecem um acordo, negociando os valores e a porcentagem da sua comissão. Mas você só receberá se a peça for vendida.

Dessa forma o varejista faz um teste para ver como é a aceitação do seu produto pelo público dele.

Muitas vezes o varejista não faz ideia de quanto pode cobrar, pois às vezes ele não entende nada de artesanato. Então você pode usar sua experiência e sugerir uma média de preço. Ou vocês podem juntos chegar a um acordo de qual preço fixo cobrar. Assim você já saberá sua comissão em reais por cada peça vendida.

 

Parcerias Para Vender nos Grandes Varejistas

Talvez você se pergunte: “Como trabalhar em casa, com um pequeno estoque, e ainda conseguir vender em grandes varejistas? Impossível!”. Pois eu digo que não é.

De fato, para vender em grandes varejistas você precisará de um estoque grande, algo inviável para os pequenos artesãos.

É aí que entra o poder das parcerias.

Quando você se une a outros artesãos do mesmo nicho, vocês conseguem produzir quantidades muito maiores e ter poder de negociação com os grandes varejistas.

Basicamente você tem duas opções:

  • Criar ou participar de grupos do seu nicho criados para esse fim
  • Participar de cooperativas

Trabalhar em grupo é uma ótima maneira de como ganhar dinheiro com artesanato. Pois quando um grande varejista entra no jogo, as encomendas são grandes. E, mesmo o lucro por peça sendo menor, ganha-se na quantidade.

 

Exportação

É possível vender no exterior mesmo sendo um pequeno artesão e realizando seu trabalho em casa. Mas costuma sair mais caro para os clientes, que compram uma única peça ou pequenas quantidades. Logo, menos vendas.

Por isso atuar em grupos ou cooperativas vale a pena neste caso também. Com grandes quantidades vale muito mais a pena exportar. Aliás, nas feiras de artesanatos costumam ter muitos clientes procurando produtos para exportar.

Como trabalhar em casa é a opção da maioria dos artesãos, a internet é uma grande aliada. Ajuda a fazer pesquisas para novos produtos, fazer networking e, claro, fazer vendas. Então vamos ver como vender pela internet também.




Como Vender Pela Internet?

como vender pela internet

Existem muitas maneiras possíveis de como vender pela internet. Algumas necessitam de baixo investimento mas maior dedicação de tempo e energia. Já outras podemos investir mais dinheiro, mas o retorno também é maior. Então vamos ver algumas ideias de como ganhar dinheiro com artesanato na internet.

 

Criar Um Blog

Aprender como criar um blog deve ser a tarefa número três de todo artesão. Atrás apenas de aprender como fazer artesanato e como gerir um negócio (claro! rs).

O motivo disso é que o blog deve ser a sua base na internet. Nele você consegue expor seus produtos, mostrar seu conhecimento e ensinar outras pessoas e falar sobre sua paixão. Dessa forma você atrai possíveis clientes e parceiros de negócios.

Através dos blogs você ainda consegue criar uma loja virtual. Lá você já faz as próprias vendas e recebe os pagamentos! Fica tudo integrado em um só lugar, sua base online.

Mas cuidado! Não crie qualquer blog, de qualquer jeito. É preciso transmitir profissionalismo e conquistar credibilidade.

Caso você não saiba como fazer, sugiro que contrate alguém que saiba ou que te direcione pelo caminho certo. Assim você evita perda de dinheiro, tempo, energia e motivação.

Se desejar minha consultoria nessa área, basta entrar em contato através do formulário de contato e conversamos.

 

Criar Uma Loja Virtual

É superimportante criar uma loja virtual. Não precisa ser nada caro. Como eu disse, ela pode ser feita no seu próprio blog. Você não precisa ter um blog para ter sua loja virtual. Mas você pode utilizar a mesma plataforma onde se cria um blog para criar a loja virtual.

Minha dica é que você tenha os dois, pois um ajuda o outro e mostra profissionalismo. As pessoas ainda têm medo de comprar na internet. Mas com um sistema bem feito, uma loja virtual bem estruturada, ajuda a diminuir o receio das pessoas e ainda facilita os pagamentos.

 

Email Marketing

Poucos artesãos sabem dessa técnica. Mas o email marketing é uma ótima maneira de aumentar seu faturamento. Seja com os clientes que você já tem ou conquistando novos clientes.

Através do email marketing você fala com o seu consumidor sobre conteúdos que ele se interessa. Isso faz com que você se mantenha vivo na mente dele e se torne uma autoridade naquele assunto para ele. Isso é muito poderoso!

Além disso, vez ou outra, você divulga um novo produto seu. Mostra seu novo trabalho, seus conceitos, seus clientes posando com suas produções e tudo mais.

Uma ferramenta bastante fácil de usar para esse fim é o Leadlovers. Ele é nacional, portanto, suporte em português, além de ser bastante intuitivo.

Por ser uma ferramenta já bastante utilizada, já existem até cursos de como utilizar o leadlovers para iniciantes, ministrado por profissionais muito reconhecidos e com ótima didática. Fácil de aprender e começar a aplicar no próprio negócio.

 

Elo7

A Elo7 é uma plataforma voltada exclusivamente para artesãos. Lá você encontra os mais variados tipos de artesanato.

Por um lado, é importante você estar lá também, já que muitos acessam o site exatamente por buscarem artesanato. Por outro, vários concorrentes estão lá também e você pode ser só mais um.

É um canal de venda bastante válido para oferecer seu produto.

 

Olist

A Olist ajuda você a vender nos grandes varejistas. Ela não é focada em artesanato, apenas faz o papel intermediário entre você e os grandes marketplaces. Você precisa solicitar um convite e preencher um cadastro. E, se for aprovado, passará a ter uma grande vitrine para seus produtos.

Se você está atuando de forma informal, não será possível trabalhar dessa maneira. Uma dica é se cadastrar como MEI (Microempreendedor Individual). Você terá muito mais benefícios de modo geral, não apenas com essa plataforma. Vale a pena!

 

MeuAtelier

O MeuAtelier é totalmente voltado para os artesanatos. Permite que você adicione imagens e veja alguns dados, como o número de vezes que seu produto foi visualizado, por exemplo.

 

Mercado Livre

O Mercado Livre é a maior plataforma de compra e venda de produtos da América Latina. Então, sem dúvida, vale a pena estar lá também.

A comissão deles costuma girar em torno de 10%, o que não é baixo. Mas se você tiver pensando nisso antes, já terá incluído esse valor no preço final da peça.

 

OLX

A OLX, assim como o Mercado Livre, é uma plataforma de compra e venda de produtos. Você também pode optar por vender por lá.

A vantagem em relação ao Mercado Livre é que não cobra comissão. Já a desvantagem é que não te permite ver avaliações passadas dos usuários. E também não possui um sistema que intermedia o pagamento, gerando uma proteção maior, tanto para você quanto para o cliente. Mas, neste caso, você pode trabalhar com o Sedex à cobrar.

 

QueBarato

No QueBarato também é possível fazer anúncios dos seus produtos. Apesar de ter alguns artesanatos por lá, não é muito utilizada por quem compra e vende esse tipo de produto. Mas vale fazer o teste. Aliás, para quem deseja aprender como ganhar dinheiro com artesanato na internet, vale uma dica importante: na internet tudo é teste!

 

Como Divulgar Seu Artesanato e Mostrar Que Existe?

Como Divulgar Artesanato

Faturar cada vez mais é o objetivo de todo empresário, não é verdade? Mas como ganhar dinheiro com artesanato sem conhecerem seu trabalho? Realmente fica difícil. Portanto, é imprescindível divulga-lo aos quatros cantos. Vamos ver algumas maneiras de como divulgar seu artesanato.

 

Marketing Pessoal

O marketing pessoal é bem amplo, mas algumas ideias podem ser utilizadas aqui. Para começar, todos seus amigos devem saber o que você faz. Assim como também os conhecidos.

Os pais dos amigos dos seus filhos (caso você tenha filhos pequenos) também devem saber o que você faz.

Mas lembre-se: nada de ficar tentando vender para esse pessoal. O importante é que eles saibam o que você faz e conheçam seu portfólio. E, se possível, que já possuam algum dos seus produtos, mesmo que você tenha presenteado.

Vale também fazer contato com o pessoal do seu bairro. Por exemplo, os comércios que você frequenta, a manicure, cabeleireiro etc. Eles devem saber o que você faz e o seu nível de excelência.

Ninguém pode achar que você é só mais uma que faz “um artesanato aí” para matar o tempo.

Tenha sempre com você cartões de visita muito bem feitos. Assim como folders mais elaborados mostrando seus produtos e tudo o que você faz, e que você pode deixá-los carro.

No seu celular, tenha ótimas fotos dos seus produtos. E as deixe numa pasta separada e de fácil acesso. Assim, em uma simples conversa de um minuto, você já consegue mostrar alguma coisa.

 

Google Places e Bing Places

Se você tem um ponto físico, como um ateliê, por exemplo, é importante que cadastre sua empresa tanto no Google Places (conhecido também como Google Meu Negócio) quanto no Bing Places.

Ambas as plataformas permitem que você inclua os dados do seu negócio, como endereço, telefone, site e horário de atendimento. Isso é ótimo pois muitas vezes estão procurando por um serviço na sua região e você aparecerá na busca.

Além disso, há quem busque direto pelo nome da sua empresa e já verão esses dados. Você ganha credibilidade, pois mostra que você é real, principalmente num segmento com muitos trabalhadores informais. E a pessoa já terá suas informações, caso queira fazer contato, saber mais ou fazer uma encomenda.

 

Facebook

Crie uma Página no Facebook (fan page)

Vale a pena aprender como criar uma página no Facebook para sua empresa. Mesmo que você ainda esteja trabalhando de forma informal, é importante ter sua página. (Mas não fique informal por mais tempo, torne-se MEI).

As páginas no Facebook, diferentemente dos perfis, te permitem ter acesso a várias ferramentas e estatísticas. Isso te possibilita fechar negócios e criar estratégias para conquistar novos clientes e fortalecer o relacionamento com os clientes atuais.

Não vou me prolongar aqui, pois sobre esse assunto dá para criar vários artigos e até mesmo um curso. Mas vou deixar uma dica importante.

Não fique só postando seus produtos, com preço e tal. Sua página deve gerar valor para seus fãs, falando sobre coisas que interessam a eles. E, claro, que estejam relacionadas com sua empresa e o modo como você enxerga a vida.

Existem cursos específicos que ensinam pequenos empresários a utilizarem o Facebook de forma profissional para fazer mais vendas e conseguir mais clientes. São bem detalhes e ensinam desde o básico ao avançado.

Tem trazido excelentes resultados para os empresários. Principalmente para aqueles que não possuem dinheiro para contratar agências para fazer esse papel.

Você também pode utilizar seu perfil pessoal para divulgar alguns produtos. E eu recomendo que faça isso. Mas, se você é como a maioria das pessoas, sua lista de amigos tem uma variedade de perfis, e nem todos se interessam por esse assunto. Por isso a página é vantajosa, pois quem a curte é porque quer saber sobre esse tema.

Existem muitas maneiras de como ganhar dinheiro com o Facebook, e a página é uma das principais. Vale a pena investir nisso.

Mas atenção: é um projeto de médio-longo prazo. Não pense que irá criar uma página no Facebook e já conquistará milhares de fãs do dia para a noite. Exige dedicação.

 

Participe de Grupos

Utilize os grupos do Facebook para mostrar seu trabalho. Mas não fique só divulgando suas peças. Ensine, contribua com a comunidade, faça amizades. O networking vai te gerar muito mais negócios do que se você ficar só exibindo suas peças, acredite.

Não tenha medo de compartilhar seu conhecimento!

 

Facebook Ads

O Facebook Ads é uma ferramenta do Facebook onde podemos fazer anúncios. É uma ferramenta fantástica que nos permite mostrar anúncios apenas para as pessoas que realmente fazem parte do nosso público-alvo e poderiam se interessar pelos nossos produtos.

Além disso, sabendo utilizar essa ferramenta da melhor forma possível, ela nos ajuda de duas maneiras. Por um lado aumenta significativamente nossas vendas. E por outro, nos permite criar anúncios muito baratos. Ela acaba se tornando a melhor opção para o pequeno empresário. Muito melhor que anunciar nas mídias convencionais (jornais, revistas etc.).

Mas repito: sendo feito da forma correta.

Digo isso pois ao não saber como utilizar muito bem a ferramenta, acaba-se criando campanhas caras e que não trazem resultado algum. Por isso é importante aprendermos sobre ela ou contratar quem já sabe.

Como sei que muita gente não entende muito desse assunto e nem se interessa em aprender, vale a pena o empresário já contratar quem sabe. Assim você investe seu tempo no que você gosta e faz bem. E delega a outra parte para alguém que goste e faça bem aquela tarefa.

 

Instagram

O Instagram é uma ótima ferramenta de divulgação. Principalmente no caso dos artesanatos, que é bastante visual. Uma foto tem um alto impacto e pode te ajudar a fechar negócios.

Você pode – e deve – divulgar no seu Instagram pessoal alguns dos seus trabalhos. Mas recomendo que crie uma conta para sua empresa. Assim você consegue ter um espaço exatamente para isso, e ainda pode exibir suas informações de contato para vendas.

Hoje os próprios celulares já tiram fotos com qualidade. Mas procure bons enquadramentos, ângulos diferentes e até fotos inusitadas com suas peças.

Inove! Crie! Divirta-se com seu trabalho e mostre essa leveza para as pessoas.

 

Instagram Ads

O Instagram Ads funciona da mesma maneira que o Facebook Ads funciona para o Facebook. Você irá veicular anúncios nessa plataforma, e ela irá parecer como um post comum. Isso é muito bom, pois faz com que o consumidor não sinta que é um anúncio e tem uma receptividade muito maior.

Para anunciar no Instagram você deve utilizar o Facebook, pois o Instagram pertence ao Facebook atualmente.

Não vamos entrar nos detalhes de como fazer isso nesse post. Mas é importante que você saiba que existe essa possibilidade e você deve aproveitá-la com toda a certeza.

Principalmente porque o Instagram é uma rede social visual e seu produto pode causar um forte impacto no consumidor.

 

Pinterest

O Pinterest é mais uma rede social de imagens. Vale a pena utiliza-lo também. Lá você pode exibir suas peças como também marcar outras que você gostou.

É bom também para fazer pesquisas de ideias. Muitas vezes somos influenciados por áreas que nada têm a ver com a nossa. Então pegamos aquele conceito e aplicamos num trabalho nosso. Então você pode marcar isso também para trabalhos futuros, não apenas as peças de artesanato que você gostou.

Para quem trabalha sozinha e realiza seu trabalho em casa, é uma ótima maneira de fazer pesquisas e juntar ideias.

 

YouTube

O YouTube é uma grande vitrine. Mas muitos não se sentem confortáveis em gravar vídeos. Neste caso, é possível criar vídeos sem mostrar o rosto.

Pode mostrar suas peças, explicar como se faz e muitas outras ideias, sem precisar aparecer na frente da câmera.

Sugiro a leitura do artigo Como Ganhar Dinheiro no YouTube. Lá explico algumas maneiras de utilizar essa ferramenta, incluindo o caso de produtores artesanais.

De forma geral, as redes sociais são excelentes formas de como ganhar dinheiro com artesanato. Mas, no caso dos artesanatos, as redes sociais que utilizam imagens são mais poderosas e indicadas para esse fim.

Sugiro que você comece com uma única rede social e depois vá expandindo. Você não conseguirá dar conta de tudo sozinha. E esse é o pior erro que pode cometer. Então vá devagar e aprenda as boas práticas de cada ferramenta.

 

Crie um Blog

Como já dito, aprender como criar um blog é quase uma obrigação hoje em dia. Ou você mesma cria, ou contrata alguém. Mas você tem que ter o seu blog! Esqueça aquela história de que blog é para adolescentes. Quando bem estruturados, eles são ferramentas muito poderosas.

Aqui você vai utilizar para falar da sua área de artesanato de modo geral. Vale dar dicas, criar tutoriais e até gravar vídeos. O intuito é atrair pessoas de dois tipos: as que estão desejando comprar e as que estão aprendendo, procurando ideias e querendo fazer contatos na área.

Não pense que você estará criando concorrentes. Você, na verdade, estará ganhando muito mais reconhecimento e fazendo amizades que concorrentes. Além disso, uma concorrente amiga pode te dar várias dicas também, e fica uma troca sadia.

 

Visite Blogs

Visite outros blogs, alguns do seu mesmo nicho e outros que falem de artesanato de modo geral. Faça comentários com bons conteúdos, agregue valor ao post daquele blog. Se achar que vale a pena, entre em contato. Tire dúvidas, elogie, sugira parceria…

 

Artesanatos Mais Vendidos

Existem muitos artesanatos diferentes. Cada um com sua particularidade e o seu brilho. Mas alguns artesanatos são mais vendidos que outros.

Além disso, existem ocasiões em costuma haver uma procura grande por presentes customizados. Acho válido sabermos essas informações também. Veja alguns dos artesanatos mais vendidos:

  • Artesanato em MDF
  • Bijuterias
  • Bijuterias de luxo
  • Biojóias
  • Bolsas artesanais
  • Caixas de jóias
  • Cosméticos artesanais
  • Porta-retrato
  • Produtos de decoração
  • Roupas de crochê (regiões e épocas mais frias)
  • Sabonetes artesanais
  • Toalhas de banho
  • Toalhas de mesa

Mas isso não significa que você não terá sucesso, que não pode ter altos lucros ou que deve mudar de área. Nada disso!

Basta atuar com profissionalismo, ter uma boa gestão e criar boas estratégias de venda que você pode ter resultados muito além da média.

 

Eventos e Datas com Maior Procura por Artesanato

  • Aniversário de namoro/casamento
  • Chá de bebê
  • Dia dos namorados
  • Dias das mães
  • Festas de 15 anos
  • Festas de Casamento

 

Conclusão

Reuni neste artigo diversas formas de como ganhar dinheiro com artesanato. Você não precisa utilizar todas de uma vez. Mas se prestar bem atenção, verá que utilizando essas técnicas, terá diversas fontes de receita. E é assim que uma empresa alcança o sucesso!

Se você ficar vendendo só para os seus conhecidos, nunca terá um faturamento expressivo. Afinal, o mesmo cliente não costuma comprar tão cedo novamente. A não ser que a peça seja de presente. Mas quantos presentes ele dará? E quantos clientes vivem dando artesanatos de presente constantemente? São números pequenos, você sabe.

Então precisamos alcançar um grande número. E quanto mais a gente for visto, mais a gente fica conhecido, lembrado, e mais negócios fechamos.

Ficou com alguma dúvida ou tem alguma sugestão? Fique à vontade para deixar um comentário.

E você, como está ganhando dinheiro com artesanato? Quais canais de venda está utilizando? Compartilhe sua experiência!

Até a próxima!




4 Comentários

  1. Tarso
    • Tarso
  2. Alessandro

Responder